HIPERPLASIA PROSTÁTICA BENIGNA

É uma doença caracterizada pelo aumento da próstata e pode provocar dificuldade para urinar e estreitamento da uretra. Sua principal característica é provocar o aumento das células do estroma e do epitélio gerando nódulos na região periuretral da próstata obstruindo parcial ou integralmente o canal da uretra.

. O QUE É?. CAUSAS

. O QUE É?

A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) se desenvolve quando as células da próstata crescem, aumentando o volume da glândula. Este aumento acontece de forma lenta e gradual. A maioria dos homens não sabem que tem a doença até que a próstata tenha 
crescido o suficiente para causar sintomas. A glândula prostática, que envolve a uretra, começa a crescer e comprime o canal urinário, podendo acarretar danos sérios ao sistema urinário do homem. Em um primeiro momento, que pode durar anos, a maioria dos pacientes não apresenta sintomas importantes de obstrução urinária, pois a força de contração da bexiga compensa a obstrução ocasionada pelo crescimento da próstata. 
Entretanto, em caso de persistência da obstrução, a bexiga pode perder sua capacidade de contração plena e aumentar de tamanho, retendo uma quantidade considerável de urina mesmo após o término da micção. Em uma situação mais grave, os rins podem ser afetados por essa dilatação da bexiga e perderem gradualmente sua função, podendo também a bexiga enfraquecer até desencadear a interrupção completa da saída de urina da bexiga (retenção urinária). Entre outros sérios problemas desencadeados pela HPB podemos citar infecções urinárias de repetição e pedras na bexiga (cálculo vesical). A doença é mais comum em homens idosos. Aos 60 anos, 50% dos homens vão apresentar algum grau de hiperplasia e, aos 85 anos, esse número sobe para até 90%. Cerca de metade dos indivíduos que têm diagnóstico histológico de HPB vai ter manifestações clínicas decorrentes da hiperplasia. Os sintomas decorrentes afetam a qualidade de vida por interferir nas atividades diárias e no padrão do sono, causando dificuldade de urinar e outras complicações se a doença não for tratada. A doença é benigna, ou seja, não significa câncer e não aumenta o risco de desenvolvimento do câncer de próstata.

. SINTOMAS

A gravidade dos sintomas varia entre pessoas com HPB, entretanto comumente os sintomas pioram ao longo do tempo. Entre os sintomas mais comuns podemos citar: 

- Aumento da frequência de micções (polaciúria) 
- Vontade súbita de micção (urgência miccional) 
- Dificuldade em começar a micção 
- Aumento da frequência urinária durante a noite (noctúria) 
- Diminuição da força do jato urinário ou jato interrompido 
- Gotejamento de urina após a micção 
- Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga após a micção 
- Infecções urinárias frequentes 
- Incapacidade de urinar (retenção urinária) 

O tamanho da sua próstata não necessariamente indica que seus sintomas serão piores ou mais graves. Alguns homens com próstatas pouco crescidas podem ter sintomas urinários importantes enquanto outros homens com próstatas consideravelmente grandes podem ter sintomas urinários leves ou até inexistentes. Em alguns casos, os sintomas podem eventualmente estabilizar ao longo do tempo. 

Se você está com algum desses sintomas urinários, não deixe de discuti-los com seu médico, mesmo que os sintomas não te incomodem, pois é importante descartar ou identificar outras causas para esses sintomas.

. CAUSAS

A próstata está localizada sob a bexiga. O tubo que transporta a urina da bexiga para fora do seu pênis (uretra) passa através do centro da próstata. Quando a próstata aumenta, a uretra pode diminuir seu calibre e passa a bloquear o fluxo de urina. 

A maioria dos homens têm crescimento contínuo da próstata ao longo da vida. Em muitos homens, esse crescimento pode ser suficiente para causar sintomas urinários ou para interromper significativamente o fluxo de urina. 

Não está totalmente claro o que causa o crescimento da próstata. No entanto, fatores inflamatórios, obesidade e alterações dos hormônios sexuais podem estar envolvidos no processo.

. OS FATORES DE RISCO:

- Envelhecimento: Aumento da glândula da próstata raramente provoca sinais e sintomas em homens com menos de 40 anos de idade. Cerca de um terço dos homens experimentam sintomas moderados a graves com 60 anos, e cerca de metade aos 80 anos. 
- História familiar: Ter um parente de primeiro grau, como um pai ou irmão, com problemas de próstata significa que você é mais propenso a também ter problemas. 
- Origem étnica: O aumento da próstata é menos comum em homens asiáticos do que em homens brancos e negros. Os homens negros podem experimentar sintomas em uma idade mais precoce do que homens brancos. 
- Diabetes: Estudos mostram que a diabetes pode elevar o risco de hiperplasia prostática benigna, provavelmente pelo aumento da resistência do corpo à insulina. 
- Estilo de vida: A obesidade aumenta o risco de hiperplasia prostática benigna, enquanto que o exercício pode reduzir seu risco.

. COMPLICAÇÕES

Dentre as complicações do crescimento benigno da próstata podemos citar: 

- Incapacidade súbita de urinar (retenção urinária): Você pode precisar passar um cateter pelo canal da urina até a bexiga para drenar a urina retida. Muitos homens neste estágio necessitam ser submetidos a cirurgia para melhorar a retenção. 
- Infecções do trato urinário (ITU). A incapacidade para esvaziar totalmente a bexiga pode aumentar o risco de infecção no trato urinário. Se ITUs ocorrerem com frequência, você pode precisar de cirurgia da próstata para diminuir o resíduo de urina que fica em sua bexiga. 
- Pedras na bexiga: Estas são geralmente causada por uma incapacidade para esvaziar completamente a bexiga. Pedras na bexiga podem causar infecção, irritação da bexiga, sangue na urina e obstrução do fluxo de urina. 
- Danos na bexiga: Uma bexiga que não consegue esvaziar completamente pode enfraquecer ao longo do tempo. Como resultado, a parede muscular da bexiga não contrai mais adequadamente, tornando mais difícil o esvaziamento completo da bexiga. 
- Danos nos rins: Elevação na pressão da bexiga por retenção urinária pode danificar diretamente os rins ou permitir que infecções da bexiga alcancem os rins. 

A maioria dos homens com a próstata crescida não desenvolvem estas complicações. 

No entanto, a retenção urinária aguda e danos nos rins podem ser ameaças graves para a saúde. 

Ter uma próstata aumentada não afeta o seu risco de desenvolver câncer de próstata.

. TRATAMENTO

Existem tratamentos eficientes para a HPB, inclusive tratamentos não cirúrgicos. A maioria destas complicações podem ser evitadas com o diagnóstico precoce e tratamento adequado. 

Uma grande variedade de tratamentos estão disponíveis para o aumento benigno da próstata, incluindo medicamentos e cirurgia minimamente invasivas. A melhor opção de tratamento para você depende de vários fatores, incluindo: 
- O tamanho de sua próstata 
- Sua idade 
- Sua saúde geral 
- O grau de desconforto ou incômodo você está experimentando 

Se os sintomas são toleráveis e os exames não mostrarem sinais de complicações, você pode decidir adiar o tratamento e simplesmente monitorar seus sintomas. Para alguns homens, os sintomas podem aliviar sem tratamento.